Páginas

Menu

10 agosto 2015

Viagem a Santiago do Chile - O Chile de verdade - Parte 3

Pedido de leitora/vistante do Blog é uma ordem!!

Hoje recebi um e-mail da Jaque (olha a intimidade rs) que vai pra Santiago em breve e me pediu a parte 3 dos posts da viagem que fiz a Santiago do Chile! 
Cá estou eu Jaque pra atender seu pedido, muito obrigada pelo e-mail! 
Estou empolgada pra escrever e espero que esse post te ajude na sua viagem... Espero que ajude outras pessoas que estejam indo pra lá também porque dica de viagem, é sempre bom!

A parte 3 da viagem é o que fiz no meu terceiro dia em Santiago e confesso que esse foi um dos dias que passaram mais rápido! No itinerário de viagem, no terceiro dia estava planejado visitar a Vinícola Concha Y Toro e jantar no Restaurante Giratorio

Bom, visitar a Concha Y Toro, na minha opinião, foi ótimo! Achei que lá tem fácil acesso (isso pra gente era importante) o local é muito bonito e quanto a visita eu não tenho nada a reclamar. 
Tem gente que fala que lá não é bom, que a visita guiada é superficial, que o vinho não sei o que, etc.
Bom, a minha opinião a respeito disso é: se você preza por exclusividade e requinte realmente podem existir outras opções melhores e talvez lá na Concha Y Toro você não saia feliz levando em consideração esses requisitos. Mas eu particularmente, não tenho nada a reclamar da minha visita a Vinícola Concha Y Toro. Observações a gente sempre tem, mas reclamação eu sinceramente não tenho. 

É importante deixar claro aqui, que eu e meu esposo não visitamos nenhuma outra vinícola chilena e também não temos costume de consumir bebida alcoólica (nenhuma), isso significa que não tenho nenhum conhecimento e autonomia pra avaliar os vinhos que degustamos nem fazer comparação com as visitas guiadas de outras vinícolas para dizer qual é a melhor. A opinião que estou deixando aqui da Vinícola Concha Y Toro é exclusivamente do passeio e visitação que fizemos e não dos produtos tá? 

Optamos pela visita tradicional (não se esqueçam de agendar antes pelo site da vinícola) que é mais em conta e mais rápida. 
Chegamos um pouco mais cedo então deu tempo de ficar tirando umas fotos, conhecer a lojinha e aguardar o começo da visita com o guia em português. 
Quando você chegar pode ir direto ao guichê que tem logo à esquerda da entrada que eles entregam a pulseirinha de identificação.
Pra chegar lá nós fomos de metrô até a estação Las Mercedes e de lá pegamos um taxi (ao lado da saída da estação) até a Concha Y Toro, custou algo em torno de CPL3.000 ou U$6 (combine o valor com o taxista antes) e ele nos deixou na frente da Concha Y Toro. 
Antes de irmos li em algum site ou blog que ao lado da propriedade da Concha Y Toro tinha um ponto de taxi e essa seria nossa opção para voltar ao metrô depois da nossa visita. PORÉM, quando saímos da visita procuramos o tal ponto de taxi e sinceramente não achamos nenhum.  
Então vou dar uma dica que descobrimos lá. Existe uma van que faz a rota metrô/conchaYtoro - conchaYtoro/metrô a cada 20 ou 25 minutos, e o mais legal é que é mais em conta que o taxi (acho que foi uns CPL1.000, desculpa não lembrar o valor exato) só que como não pegamos essa van para ir para a Vinícola não vou saber dizer de que ponto exatamente ela sai na estação do metrô, mas como pegamos ela na volta sabemos que ela sai e deixa os passageiros na estação Plaza de Puente Alto.
OBS: Se você estiver em grupo de 3 ou 4 pessoas a opção de taxi acaba saindo mais em conta. 
Se você for no google maps (foto abaixo) pode ver que a estação mais próxima da Concha Y Toro é a Plaza de Puente Alto então eu não sei dizer exatamente porque alguns blogs indicam a estação Las Mercedes.

Mapa do Google Maps
Abaixo, as fotos que tiramos na Vinícola Concha Y Toro. 

Concha Y Toro









Van que usamos para voltar ao metrô (tem placa de identificação no parabrisa)

Depois que saímos da Concha Y Toro no final da tarde, pegamos o metrô de volta à região Central de Santiago com destino ao Restaurante Giratório e nosso objetivo era chegar lá antes de ficar escuro/noite pois queríamos ter a vista panorâmica da cidade tanto de dia como de noite sem precisar fazer 2 visitas. E conseguimos!! rs
Gente, de todos os lugares que fizemos uma refeição em Santiago do Chile só tem um local que considero imperdível e esse, é o Restaurante Giratório. Não apenas por ser um restaurante requintado, com bons pratos e com bom atendimento mas por ser praticamente um ponto turístico. rs É muito legal a ideia de um restaurante que fica girando, pra dispor pra quem estiver lá um atrativo a mais do que todos os restaurante oferecem. Boa comida muitos têm. Agora, boa comida e uma vista panorâmica linda, só o Giratório. Santiago é realmente encantador visto do alto. 
As cordilheiras ao fundo com neve no topo foram realmente uma ótima opção pra acompanhar o nosso jantar. E olha que infelizmente o dia não estava com uma boa visibilidade quando fomos mas ainda assim ficamos encantados. 
Vale lembrar que o restaurante não é barato e se você é bom de garfo, como eu, a comida não é farta (vide foto) mas eu achei o prato que pedi MUITO bom! A vontade mesmo foi de pedir 2 a mesma coisa. rs
Pra chegar lá, descemos na estação Los Leones que tem uma saída que fica bem ao lado do edifício que está o restaurante Giratório. Não tem segredo não. É um edifício comercial.


Eu e a vista da parte central de Santiago já anoitecendo.

Salmón, papas y margarita  

Tiramisù

Muita gente fala que tem que reservar pra ir ao restaurante, mas eu fui sem reserva. Acho que demos sorte pelo horário que chegamos (umas 19:00hs) estava bem vazio, apenas 2 mesas ocupadas. Mas enquanto estávamos lá, já quase na hora de irmos embora umas 20:30hs vi pessoas sendo barradas por não terem feito reserva. Então pra mim ficou claro que o restaurante é flexível quanto a isso mas a prioridade é de quem reservou. E a noite deve ser o horário de maior movimento. Então não esqueça de fazer a sua reserva!
Ainda durante o jantar tanto eu quanto meu esposo sentimos uma leve tontura e a gente acha que o fato do restaurante ficar sempre girando, mesmo que SUPER discretamente, deve ter influenciado então essa é uma dica pra você que é muito sensível a isso. Mas ainda assim super recomendo. 

Saindo de lá voltamos ao hotel de metrô mesmo e por incrível que pareça, não comemos mais nada! rs


Se você pretende ir a esses lugares e tem alguma dúvida que não tenha ficado claro aqui no post, ou se você tiver alguma curiosidade ou até se já tiver feito essa viagem e tem alguma contribuição a fazer sinta-se a vontade para escrever aqui nos comentários. Sua opinião, dúvida e sugestão é muito importante!

Um abraço e até o próximo post!









7 comentários:

  1. Muito obrigada Emilly! Estava aguardando seu post para poder usufruir de suas dicas na viagem para o Chile. Estou indo com o marido e ficaremos 10 dias. Também ficaremos no IBIS providência e chegaremos de Guarulhos na madrugada. Suas dicas são ótimas, parabéns pelo blog e continue postando suas experiências. Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que legal Jaquee!!! O Chile é lindo de morrer! No próximo post da viagem ao Chile vou falar de um passeio maravilhoso que fiz a Cajon del Maipo! Imperdiívelll!!! Ótima viagem pra vocês! 10 dias dá aproveitar bem o Chile! Bjoss

      Excluir
  2. Este passeio me interessa muito, mas fico na dúvida se dá para fazer no inverno. Queria ir para o Embalse El Yeso. Se você puder postar nos próximos dias (abusando) eu posso ler no hotel. Beijo e obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaqueee!!! Comecei a escrever o post ontem e vai ao ar amanhã!!! Espero que você consiga ler! Boa viageemmmm!!! Bjoss

      Excluir
  3. Oba! Vou ler assim que chegar em Santiago. Muito obrigada mesmo. Esse passeio me interessa muito mas estou um pouco insegura quanto a ter neve na estrada. Vou esperar as tuas dicas sobre como vocês fizeram. Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Olá, estive nesse restaurante, é simplesmente maravilhoso e o atendimento foi o melhor que recebemos. Fomos no almoço e com certeza é o melhor horário para aproveitar a vista dos andes e da cidade, embora a maioria das pessoas sempre preferem o jantar. Para mim foi sensasional. Muito melhor que o "Como água para chocolate" que é tão famoso.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...